AS NUANCES DE FERNANDA ALONSO

AS NUANCES DE FERNANDA ALONSO

Degrades em transições cada vez mais estreitas, imagens estáticas que vibram
e possuem movimento, quantas nuances uma cor possui? Fernanda Alonso
nos traz todas essas questões ao analisamos sua obra, essas são as
características principais que encontramos em seu trabalho quando o
observamos com atenção. Mas as camadas de interpretação vão se tornando
cada vez mais interessantes ao anexarmos as informações dos títulos de suas
obras ao caráter pictórico de suas telas.
Aurora Boreal é o nome de uma das séries
que compõe a carreira da artista, a cor sem duvidas é o que circunda toda a
atmosfera de criação de Fernanda Alonso, sendo o seu elemento primordial e
também o responsável por todas as impressões causadas nas suas
composições, como a vibração de uma faixa de cor próxima à outra, o
movimento natural que ocorre nas telas e até a textura de suas pinturas.
Dona de uma fama digna da intensidade de sua obra, seus quadros já
apareceram em diversos filmes, clipes, reportagens, comerciais e exposições
coletivas e individuais, sendo conhecidos nos circuitos de arte contemporânea
nacionais, o que agrega valor aos mesmos.
As obras de Fernanda Alonso conseguem pertencer a uma composição de
espaço somando valor ao mesmo, sem criar tensão e peso ao ambiente. Ela
puxa o olhar do espectador curioso e o entretém com suas formas e cores
vibrantes, sem que um desconforto ocorra. Ideal para quem busca a cereja do
bolo, sua obra traz consigo o toque final, a peça que faltava, o ultimo detalhe
para uma composição de ambiente marcante e elegante.

Crítica escrita por Giovana Martucci.

Comentários
    Categorias

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no pinterest